Veja tudo o que você precisa saber antes de fazer um seguro residencial

Com a quantidade enorme de notícias veiculadas na imprensa, o seguro residencial, acaba sendo essencial neste momento.

Isso porque vemos direto incêndios, desmoronamentos, alagamentos e vários outros acontecimentos que não somente causam tristezas como sérios prejuízos.

Na verdade, as pessoas não dão muita importância para esse tipo de seguro, isso porque grande parte procura não pensar em momentos catastróficos e que fazem com que a pessoa acabe tendo sérios prejuízos.

Vamos conferir todas as informações abaixo!

E então o que é e para que serve o seguro residencial?

Veja tudo o que você precisa saber antes de fazer um seguro residencial
Veja tudo o que você precisa saber antes de fazer um seguro residencial

Assim como o nome já sugere o seguro residencial acaba sendo um serviço que possui como finalidade a proteção de uma residência, quer seja casa, apartamento, algum tipo regular de morada, quitinetes, entre outros.

Essa proteção é voltada para proteção de perdas de patrimônio, é por conta disso que esse acaba sendo um seguro multirrisco, sendo que acaba se tornando uma apólice formada por várias coberturas.

Claramente essa característica deste tipo de seguro acaba por proporcionar uma possibilidade de personalização ainda maior.

Isso porque sua residência está cada vez mais exposta aos riscos em geral, sendo assim, dentro da apólice você pode querer contratar uma cobertura maior para roubos e furtos do que para quedas de raio, como exemplo.

Além disso, no caso de ocorrência de um fato que está coberto dentro do seguro residencial, basta que o segurado consiga entrar em contato com a própria seguradora para poder se informar sobre os procedimentos para recebimento dos valores de indenizações.

Sendo assim, podemos destacar que há uma enorme redução em relação às perdas financeiras, logo ao saber disso o segurado pode finalmente ficar mais tranquilo justamente porque possui uma casa muito protegida.

E como faço para contratar esse tipo de seguro?

Certamente você precisa compreender que o funcionamento do seguro residencial é muito simples, sendo assim, ao procurar um corretor de seguros saiba que ele informará ao que está buscando as coberturas básicas, as assistências possíveis e as complementares.

Tendo como base essas informações, então é feito o cálculo do prêmio do seguro, sendo que o valor a ser pago por ele normalmente é decidido por ano.

Ademais, a pessoa é informada se existe a possibilidade de pagamento por parcelas, e se há necessidade de pagar franquia para usar certas coberturas.

No momento de concordar em fazer uma cotação e realizar a contratação, em poucos dias a pessoa acaba recebendo a apólice diretamente em sua residência, que já estará protegida.

Nesse caso, se vier a ter uma ocorrência que haja cobertura para a mesma, o mais conhecido como sinistro, bastará apenas entrar em contato com a seguradora e solicitar a indenização de acordo com as coberturas da apólice.

É neste momento que deve ser feita uma vistoria para analisar os danos que a casa sofreu, sendo necessário fazer os orçamentos para os reparos que devem ser realizados, e encaminhar os documentos para serem analisados pela própria seguradora.

Após esse processo, então o valor deve ser liberado ao segurado. Ao final da vigência do seguro usando ou não as coberturas é preciso então fazer a renovação para o próximo período.

Dessa forma, a residência acaba ficando sempre protegida!

E quais são as coberturas existentes no seguro residencial?

House loan concept isolated on white background

Como dito acima, dentro do seguro residencial existe a cobertura básica e as demais complementares, vamos ver algumas delas abaixo:

Conhecendo a cobertura básica

Sobre a cobertura básica saiba que a mesma é capaz de cobrir os danos causados por explosões, incêndios e até mesmo quedas de raios.

Sendo assim, saiba que esse é o mínimo que esse tipo de seguro deve realmente cobrir, porém, saiba que existem 3 possibilidades de contratações desse tipo de cobertura:

  • Cobertura para prédios: é capaz de cobrir os danos causados na edificação, sendo assim, caso tenha um incêndio a cobertura deverá recompor prejuízos com a reconstrução da residência até o que foi estipulado em contrato.
  • Cobertura conteúdo: nesse tipo de caso, essa cobertura acaba abrangendo o que se encontra dentro da residência.
  • Cobertura do prédio mais a de conteúdo: acaba sendo a combinação das duas coberturas citadas anteriormente, fazendo com que esse seguro residencial fique mais abrangente e completo.

Sobre as coberturas complementares

Claro que a cobertura básica acaba oferecendo pouca proteção para a maior parte das residências, é por esse motivo que existem as complementares. Conheça abaixo as mais comuns:

Cobertura por roubo ou furto qualificado

Essa acaba sendo uma das coberturas mais importantes, afinal, sabemos que no Brasil as coisas em relação à violência e roubos estão cada vez piores.

Lembrando que roubo é quando uma pessoa subtrai algo de outra mediante violência, sendo que o furto qualificado é quando os bandidos usam técnicas de arrombamento para entrar sem efetivamente ser percebido.

Cobertura para danos elétricos

Essa é uma cobertura super interessante, se sua residência possui diversos aparelhos, então é bem importante contratar essa cobertura.

A cobertura ainda é capaz de cobrir danos ocorridos na instalação elétrica da residência, sendo assim, a proteção contra danos elétricos é total.

Cobertura para vendavais

Essa cobertura é para pessoas que possuem casas localizadas em regiões que possuem muitos ventos, então o seguro acaba sendo o melhor para cobrir danos causados por eventos da natureza.

Perdas ou pagamentos de aluguel a terceiros

Quando temos algum problema na residência, pode ser preciso que as pessoas da casa saiam do local por algum período.

Nesse caso em questão, será preciso o pagamento de um aluguel temporário, até que esses problemas sejam resolvidos e a casa esteja novamente segura.

Cobertura para escritório na residência

Pessoas que são profissionais liberais e resolveram trabalhar em tempo integral em casa, possuem acesso à cobertura para escritório na residência.

A mesma acaba cobrindo prejuízos relacionados aos móveis e equipamentos usados no trabalho em decorrência de incêndios, explosões, danos elétricos, raios, roubos e furtos qualificados.

Essas são apenas algumas das coberturas, cada empresa de seguros acaba ofertando conforme seus produtos, é importante achar as que melhor se adequam ao seu caso e seguir adiante com um corretor!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp