Saiba tudo sobre o seguro de eletrônicos

O seguro de eletrônicos não é levado tão a sério, no entanto, cada vez mais têm se tornado úteis devido aos equipamentos e eletrônicos vendidos diariamente.

No mundo atual, sabemos que as redes e mídias eletrônicas estão cada dia mais em evidência, sendo assim, há uma necessidade maior de manter os equipamentos em segurança.

Atualmente há uma necessidade cada vez mais urgente de ter uma produção constante e compartilhamento geral de informações pela própria internet.

Sendo que é muito difícil não conhecermos pessoas que não tenham ao menos um aparelho celular, quer seja para uso profissional ou pessoal.

Podemos salientar ainda, que o uso de celulares acabou por colocar o Brasil em 5º lugar no ranking global de tempo dispendido.

E isso tudo divulgado de acordo com o relatório do Estados de Serviços Móveis, que também foi divulgado pelo App Annie, consultoria de dados sobre dispositivos móveis.

Na mesma pesquisa precisamos destacar que o Brasil ainda alcança um lugar considerável como o 2º maior país.

No entanto, a pesquisa da F-Secure, empresa de segurança que ainda mostra o índice mundial de roubos e perdas de dispositivos móveis, e isso inclui tablets e smartphones.

Em torno de 25% dos brasileiros acabaram afirmando que foram vítimas de furto ou perda de aparelho, e isso sem citar os famosos danos elétricos, físicos e por água.

Dessa forma, ao avaliar os custos e muitas utilidades do produto, acaba sendo desesperador quando esse tipo de coisa acaba acontecendo a um aparelho.

Isso porque a pessoa deve investir novamente e muitas vezes ainda está pagando o produto anterior.

É para isso que existe o seguro de eletrônicos, sendo que ele é uma das melhores opções para pessoas que desejam proteger seu aparelho eletrônico de danos e roubos, de todo e qualquer equipamento.

Entenda o funcionamento do seguro de eletrônicos

Saiba tudo sobre o seguro de eletrônicos

Na realidade, o seguro de eletrônicos assim como todo e qualquer seguro possui a cobertura básica.

Sendo que as os cuidados normais e modalidades adicionais precisam ser tomados para evitar possível exclusão do seguro e perdendo a indenização de acordo com a seguradora.

Ademais, as seguradoras acabam diferindo em relação às coberturas, visto que algumas acabam incluindo itens básicos e outras acabam por colocar como opcionais.

Justamente por esse motivo antes de assinarmos o contrato de seguro, é bem importante que consigamos ler por completo todas as cláusulas e conhecer tudo que realmente está coberto por ele.

Para não passar por esse tipo de situação desagradável principalmente quando for acionar a seguradora por conta um sinistro.

Dessa forma, podemos dizer que no geral a cobertura funciona da seguinte forma:

Funcionamento da cobertura básica

Sobre a cobertura básica saiba que ela é perfeitamente capaz de resguardar o aparelho de danos físicos, esses que frequentemente são ocasionados por incêndio, queda de raios, furto, entre outros.

Ademais, algumas seguradoras possuem a modalidade de roubo ou furto como uma espécie de cobertura adicional, o ideal é se informar sempre com o corretor.

Sobre as coberturas adicionais

Em relação às coberturas adicionais, saiba que ele possui inclusive a proteção contra danos elétricos, danos por líquido ou água, cobertura para aparelhos alugados, garantia internacional.

Aqui é onde a pessoa acaba sendo indenizada pelo reembolso ou valor do aluguel.

Conheça os riscos excluídos

Veja bem, mesmo que seu eletrônico esteja segurado, saiba que é preciso ter os mesmos cuidados como se o eletrônico não estivesse segurado.

Veja que para alguns acidentes esse tipo de seguradora pode simplesmente negar a indenização e saiba que não vale a pena fraudar essa situação, justamente porque é feita uma investigação detalhada.

Lembrando que a fraude é considerada um crime previsto dentro do Código Penal Brasileiro no artigo 171, a pena é de um a cinco anos de reclusão e multa.

Sendo assim, se por algum motivo ou negligência esse aparelho quebrar, cair, arranhar ou amassar, automaticamente a cobertura é então negada.

Além disso, se esquecer o aparelho em algum local e o mesmo for furtado, saiba que o seguro não cobre esse fato.

Ademais, outro risco excluído é se houver a sobrecarga de energia tudo por uso excessivo ou até mesmo inadequado do aparelho.

Saiba ainda, que é passível de negação do seguro de eletrônicos caso haja atos ilícitos praticados por esse segurado, por possíveis beneficiários, funcionários ou até mesmo representantes.

Sendo que se o problema de o aparelho já existir antes de você adquirir o produto, saiba que então é excluído do serviço e pode ocorrer autuação.

Entenda como evitar exclusão do seguro de eletrônicos

Saiba tudo sobre o seguro de eletrônicos
Saiba tudo sobre o seguro de eletrônicos

Certamente algumas medidas de precaução podem ser tomadas para garantir a proteção de seus equipamentos no dia a dia. Claro que são atos bem simples, no entanto, são bem significativos:

  • Colocar capas de proteção em seu produto;
  • Tenha atenção com a segurança de suas mochilas, bolsas por todo lugar que o aparelho for levado;
  • Não coloque objetos junto com o aparelho dentro de seu bolso, podem causar arranhões nos produtos;
  • Redobre o cuidado, não ande com aparelhos nas mãos pois podem ser roubados ou sofrerem acidentes;
  • Leve seus eletrônicos e equipamentos em uma bagagem de mão;
  • Caso vá a praia, não deixe seus equipamentos próximos à água ou expostos ao sol;
  • Lembrando que aplicativos de localização e rastreamento acabam por ser super úteis neste primeiro momento;

Saiba como contratar o seguro de eletrônicos

Veja bem, para contratar o seguro de eletrônicos você precisará apresentar a nota fiscal do produto, onde deverá ter informações como a marca do mesmo, modelo e até mesmo a série.

Além do mais, caso a compra tenha sido feita em outro país, o documento fiscal é exigido.

Se porventura esse aparelho tiver sido um presente ou até mesmo a nota fiscal estiver realmente em nome de outra pessoa.

Então o segurado deverá apresentar um documento capaz de comprovar onde esse produto foi adquirido ou até mesmo uma carta de doação.

O ideal é sempre falar com um corretor antes de adquirir qualquer tipo de produto, tudo porque será possível entender suas necessidades e finalmente entender exatamente qual é o produto ideal para a segurança de seus equipamentos eletrônicos e ficar segurado tranquilamente.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp