Informações importantes que você precisa saber sobre o seguro viagem

O seguro viagem é extremamente importante para pessoas que amam viajar.

Porém, para que essas viagens não acabem com surpresas desagradáveis é muito importante destacarmos a importância desse tipo de seguro.

Claro que nunca pensamos que pode acontecer algum acidente, no entanto, infelizmente algumas coisas acontecem e fogem de nosso controle muitas vezes.

Por mais que esse assunto seja chato, é muito importante, afinal, prevenir é melhor do que remediar.

É de suma importância entendermos que o seguro não é apenas um item extra que podemos pensar em contratar ou não.

Ele deve ser considerado um item obrigatório, justamente porque deve ser planejado do início ao fim da viagem principalmente no exterior.

Claro que essa segurança é extremamente necessária, sendo que caso precise levar pontos, ir em uma consulta médica de emergência, precisamos de atendimento após acidentes, tudo isso pode ser bem comum em viagens, e sabemos que os valores são altos. Veja tudo sobre ele!

Saiba o que é o Seguro Viagem

Informações importantes que você precisa saber sobre o seguro viagem
Informações importantes que você precisa saber sobre o seguro viagem

Sobre o seguro viagem, podemos dizer que ele é um plano de saúde temporário, lembrando que ele ainda é capaz de valer como garantia de indenização para diversos acontecimentos relacionados à viagem.

O fato é que muitos viajantes acabam possuindo seguro de saúde no Brasil, entretanto, sabemos que a grande maioria dos mesmos não é válido nos demais países.

Além disso, esse tipo de seguro viagem ainda concede assistência, que é uma espécie de compensação financeira, principalmente em casos em que a pessoa perde voos, extravia suas bagagens ou ainda em alguns casos sofre com roubos.

Veja aqui como funciona o seguro viagem

Em relação ao seguro viagem, saiba que ele poderá ser contratado por um período definido, sendo que normalmente essa contratação acaba por durar conforme o número de dias da viagem.

Na realidade, é considerada a data de saída do Brasil e até mesmo à data de chegada para que esse seguro cubra os voos e o extravio de bagagem, caso esse fato ocorra, no entanto, sabidamente existem seguros anuais também.

Claro que esses tipos de seguros, são bem mais indicados para pessoas que viajam com certa frequência principalmente durante o ano, sendo que a partir daí o custo benefício acaba compensando mais.

Atualmente existem vários tipos de seguro viagem, na realidade, há várias empresas e ainda diversas formas de contratação.

Lembrando que é bem difícil pesquisarmos e encontrarmos o que melhor nos atende, e que possua bom preço e qualidade.

Dessa forma, é muito interessante que as pessoas procurem sites que reúnem as melhores cotações e seguradoras dentro deste mercado.

Sendo assim, será possível comparar tranquilamente apólices e preços com apenas alguns cliques, encontrando assim o melhor seguro e atendimento.

O mais importante aqui, é contratar uma espécie de seguro cujos serviços ofertados (coberturas) sejam coerentes o suficiente com a viagem.

Sendo assim, se você vai fazer uma viagem que acaba incluindo por exemplo alguns esportes radicais, é bem importante que o seguro tenha cobertura para esse tipo de atividade.

Ademais, a mesma coisa acaba valendo para pessoas mais idosas, ou até mesmo para mulheres gestantes. O ideal é sempre verificar tais questões em sua apólice do seguro!

E então quanto custa um seguro viagem?

Antes de tudo, entenda que é bem difícil falarmos de valores aqui, isso porque há vários fatores a serem levados em consideração, e isso deve começar pelo tempo que a viagem deve durar.

Porém, uma coisa é bem certa: o preço deve ser bem mais baixo do que uma consulta médica realizada no país de destino.

Sendo que este seguro deve ser ainda uma pequena quantia dentro do orçamento total de uma viagem internacional.

Precisamos ainda salientar que determinadas situações acabam exigindo seguros diferenciados, eles acabam por encarecer o valor final.

Um exemplo é a cobertura para esportes radicais, mulheres grávidas, idosos com idade acima de 70 anos, viajantes com doenças pré existentes.

Esses são alguns exemplos que podem e devem ser considerados dentro do seguro para que você consiga o atendimento mais correto possível e para que você não corra o risco de ficar na mão caso precise passar por essas situações.

Cuidados que você deve tomar ao contratar um seguro viagem

Informações importantes que você precisa saber sobre o seguro viagem
Informações importantes que você precisa saber sobre o seguro viagem

Veja bem, ao consultar um seguro viagem você automaticamente perceberá que os planos acabam variando e muito em relação aos valores.

E isso acaba ocorrendo de acordo com o valor da própria cobertura, além do quanto o seguro acaba cobrindo em caso de assistência médica, por exemplo o transporte de helicóptero em caso de emergências médicas, tudo deve constar.

Se porventura você tiver interesse em praticar esportes radicais em sua viagem, o ideal é que busque por um seguro que contenha a palavra esporte em seu nome, ou que simplesmente deixe essa questão bem clara na apólice.

Lembre-se de contratar um seguro que seja capaz de incluir exatamente o país para onde deverá então viajar.

Procure apenas lembrar-se de emitir esse seguro com início em sua data de saída do Brasil, e até mesmo o término que é a data de sua chegada aqui no Brasil.

Claro que são muitas informações para assimilarmos neste momento, entretanto, existem empresas capazes de dar assistência completa para que consiga escolher então o melhor plano.

Dessa forma, esses sites acabam facilitando sua vida, sendo que a partir daí você acaba então informando os dados completos de sua viagem, e os mesmos apresentam quais são as melhores opções de seguro para você.

E o que o seguro viagem cobre?

Na realidade, o seguro viagem acaba cobrindo despesas médicas sendo que isso acaba te indenizando em situações extras, tais como: extravio de bagagens, cancelamento de voos, sendo que dentre as coberturas principais dos seguros podemos citar:

  • Despesas relacionadas à farmácia;
  • Atendimentos relacionados à odontologia e atendimento médico 24H;
  • Remarcações de passagens para possíveis regressos;
  • Indenização em caso de invalidez total ou permanente;
  • Acompanhantes em caso de hospitalizações longas;
  • Indenizações caso o segurado faleça;
  • Busca por bagagens extraviadas, entre outros.

Essas são informações que devem ser levadas em consideração antes da contratação de um seguro viagem!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp